Após polêmica de fotos provocantes, Miss França mantém a coroa

REUTERS

PARIS - A Miss França 2008 poderá manter o título, decidiram os organizadores do concurso na sexta-feira, depois de um escândalo que começou com a divulgação de fotos provocantes da vencedora e envolveu parlamentares, um bispo e um ministro.

Valérie B¨gue, 22, porém, não poderá participar dos concursos de Miss Mundo e Miss Universo -- em que será substituída pela Miss Nova Caledônia.

B¨gue, de Reunion, ganhou o título de Miss França em uma cerimônia transmitida pela TV no dia 8 de dezembro. O concurso é levado muito a sério no país. Pouco tempo depois, uma revista publicou uma série de fotos em que ela aparece de biquíni, deitada de braços abertos, e lambendo leite condensado, em fotos sugestivas.

As regras do concurso proíbem as participantes de aparecer em fotos de nu ou provocantes, e a chefe da competição, Genevieve de Fontenay, pediu que ela renunciasse com a divulgação das fotografias. B¨gue recusou-se, dizendo que as fotos, tiradas há três anos, foram publicadas sem seu consentimento. O público a apoiou, e os organizadores recuaram.