Cate Blanchett revela que sempre quis interpretar o papel de um homem

Agência EFE

BERLIM - A atriz australiana Cate Blanchett realizou em seu último filme um de seus sonhos, já que desde que começou sua carreira no cinema queria interpretar o papel de um homem, confessou em entrevista à revista alemã 'TV Movie'.

- Acho que todos levamos dentro de nós um pouco dos dois sexos - argumentou a atriz, que interpreta o cantor Bob Dylan no filme "I'm Not There", de Todd Haynes.

Cate Blanchett reconheceu que não foi fácil se colocar na pele de um homem, mas admitiu que "quando uma mulher põe algo entre as pernas se sente um pouco masculina".

Entre outros truques de caracterização usados pela atriz, ela revelou que colocava "meias soquete entre as coxas".

Sua masculinização foi tanta e ela ficou tão parecida com Dylan que, segundo a atriz, seu marido "tinha dificuldades" em beijá-la.