Richard Gere diz que opositores a Bush também cometem erros

Agência EFE

BERLIM - O ator americano Richard Gere considera que os opositores ao presidente George W. Bush "também cometeram erros" durante a campanha eleitoral das últimas eleições presidenciais nos Estados Unidos.

- Não investimos o tempo suficiente em explicar a cada pessoa que o mundo não é tão perigoso como dizem os republicanos - afirmou em entrevista publicada na última edição da revista Stern.

Gere, de 58 anos, ferrenho defensor da causa tibetana, assegurou que o motivo pelo qual o Partido Republicano venceu nas últimas duas eleições foi "o terror, o terror e o terror".

O ator, que esta semana estréia na Alemanha seu último trabalho, "The Hunting Party", de Richard Shepard, na qual dá vida a um correspondente de guerra, acredita firmemente que as pessoas podem mudar o mundo.

- Éramos estudantes durante a Guerra do Vietnã e compreendemos que podíamos mudar as coisas. Minha geração deteve a guerra, e isso faz parte de nosso DNA - acrescentou.