Festival Internacional de Cinema Infantil traz 45 filmes para crianças

Agência JB

RIO - Em sua quinta edição, o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), dirigido por Carla Camurati e Carla Esmeralda, traz um painel de 45 filmes voltados ao público infantil. O evento acontece nas salas do complexo de cinemas Cinemark, de 31 de agosto a 07 de outubro, em oito cidades brasileiras: Rio de Janeiro e Niterói; Brasília; São Paulo e Campinas; Curitiba e Aracaju e Belo Horizonte, com ingressos a R$ 4,00 para todos (meia-entrada). O festival chega ao Rio de Janeiro e Niterói em 31 de agosto e fica até 9 de setembro. A programação promoverá uma verdadeira festa de imagens para as crianças, com a seleção de 29 filmes aberta ao público durante os fins de semana e outra voltada às escolas com 16 filmes, de segunda à quinta-feira, no projeto intitulado "A tela na sala de aula", que visa utilizar o cinema como ponto de partida para atividades escolares, através de sugestões de atividades integradas ao currículo pedagógico. Como nas edições anteriores, o FICI traz ao Brasil títulos inéditos e dublados de diferentes países que serão apresentados na sessão pré-estréias internacionais, com produções da Bélgica, Dinamarca, Estônia e Lituânia, e Suécia. A produção brasileira está representada pelas sessões pré-estréia Brasil, clássico Brasil e curta criança. Em 2007, o FICI acrescenta à sua programação a sessão pré-estréia especial, antecipando para o público o lançamento do filme norte-americano "Tá dando onda". Outra novidade da 5ª edição do Festival é a chance de ver e rever cinco clássicos produzidos por Walt Disney na sessão clássicos internacionais. Nas salas com projeção digital, o FICI oferece uma seleção especial Discovery Kids e Animal Planet, que apresentam na tela grande cinco episódios de suas excelentes séries. Duas atividades apresentam para as crianças o trabalho de importantes profissionais: os dubladores e os jornalistas. Nas sessões de dublagem ao vivo, o público acompanha e descobre o trabalho dos dubladores, enquanto assiste "O Ratão Perez", um filme de animação. Em O pequeno Jornalista, as crianças e um profissional de imprensa assistem ao filme "Putz! A coisa tá feia..." e aprendem com ele a escrever matérias sobre cinema. A descoberta da sétima arte prossegue com as Oficinas de cinema de animação, na experiência de criar e estar num filme de animação. A chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil será tema de uma oficina especial, monitorada por profissionais do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas. Saiba mais em:

www.festivaldecinemainfantil.com.br

www.atelanasaladeaula.com.br