Fã provoca demissão para seguir Sandy & Jr

Portal Terra

SÃO PAULO - Os fãs de Sandy & Jr são capazes até de perderem o emprego para seguir a dupla. Do lado de fora do hotel onde a dupla lançou, nesta terça-feira, o Acústico MTV, em São Paulo eles acenavam para os irmãos e até para a mãe dos dois, Noely. Um deles, que não quis se identificar, contou à reportagem do Terra que provocou a própria demissão só para poder estar perto de seus ídolos.

Questionado quem bancava as idas a shows nos mais variados lugares, como Tatuí e Rio de Janeiro, respondeu:

- Papai, mamãe e o seguro-desemprego. Eu faltei ao trabalho para ser demitido e poder vir aqui.

Já a estudante Michele Lemos, 22 anos, uma das criadoras do fã-clube Elite SJ, fundado em 2003 com diversos amigos, contou que já passou a mão no bumbum de Júnior durante show dele com seu projeto solo Soul Funk, no Na Mata Café.

- É mais fácil de segui-lo. A Sandy tem quatro seguranças com ela. Ele tem dois, um e, às vezes, nenhum.

Todos confirmam estarem tristes com o fim da banda, mas explicam que o fã-clube dos dois continuará o mesmo. No entanto, a estudante Carla Larissa de Araújo, 24 anos, 11 como fã da dupla, vê um lado positivo na história.

- Vai ser bom porque, agora, cada um de nós vai poder cuidar da vida. Enquanto eles existirem a gente não vai conseguir crescer.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais