Rufus Wainwright vai além do rock alternativo

Portal Terra

RIO - O cantor americano Rufus Wainwright está dando o que falar. Depois de lançar dois discos aclamados pela crítica, 'Want One' e 'Want Two', o cantor se afastou dos holofotes para produzir seu novo disco: 'Release The Stars'. O primeiro single já está disponível no iTunes.

Sua fusão inteligente de rock e folk agrada, pois traz influências de Radiohead, Bob Dylan, Neil Young e até um pouco de Alanis Morissette.

Nascido em Nova York, em uma família de cantores folk, seu talento como cantor e compositor começa a ser reconhecido, pois nem sempre críticas favoráveis. No começo de sua carreira, tinha muita dificuldade em encontrar lugares que o deixassem tocar.

Após muitos anos tocando em bares, algumas fitas de Rufus caíram nas mão de excecutivos da gravadora Dreamworks. Logo ele foi contratado e se mudou permanentemente para Los Angeles, em 1996, ano em que gravou seu álbum homônimo. Por problemas com o estúdio só conseguiu lançar o disco em 1998.

Na época, foi tido pela crítica como uma grande promessa, e a revista Rolling Stone considerou seu álbum como um dos três melhores do ano, além de o premiar com o título de 'melhor novo artista'.

Após uma exaustiva turnê que durou mais de um ano, Rufus decidiu que era hora de gravar um novo disco. O resultado foi Poses, um disco que recebeu críticas tão positivas quanto seu antecessor. Na época, ele saiu em turnê com grandes artistas como Sting e Tori Amos.

No entanto, foram os álbuns Want One e Want Two os responsáveis pela aceitação pelo público. Em seus shows, ele toca piano, violão, guitarra e é reconhecido por suas performances impecáveis e sua presença de palco carismática.

Seu novo disco deve chegar às lojas no dia 22 de maio. Aqui no Brasil no começo de junho. Se você não conhece, esta é a sua chance de saber mais sobre um dos músicos mais singulares da cena norte-americana.