Grammy anuncia sua 50ª edição para fevereiro de 2008

Agência EFE

LOS ANGELES - A Academia de Artes e Ciências Fonográficas dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira que a 50ª edição do Grammy acontecerá no dia 10 de fevereiro de 2008.

Neil Portnow, presidente da organização, disse que, dado o peso de meio século do prêmio, a data será a culminação de um ano de muitos eventos.

Em celebração a este ano, a Academia ganhará seu próprio embaixador: Quincy Jones, produtor musical, vencedor de 27 Grammy e um dos fundadores da organização.

- Sinto-me honrado em ser embaixador da Academia durante a celebração de seus 50 anos de história - reconheceu o músico.

Junto a Portnow, Jones anunciou hoje uma agenda de eventos que inclui a publicação de um livro centrado nos 50 anos de história dos prêmios Grammy, uma linha de roupas e a construção de um museu focado nos principais prêmios da música.

A próxima edição do Grammy será no estádio Staples de Los Angeles. Segundo informações, a cerimônia será retransmitida pela rede de TV americana 'CBS' para todo o país.

O anúncio dos indicados ao prêmio deverá ser feito no dia 6 de dezembro, em Los Angeles.

Além disso, a Academia realizará dois jantares em homenagem a duas das figuras de maior destaque do mundo da música.

O primeiro deles acontecerá no dia 28 de julho e, num evento intitulado 'Noite de Estrelas', homenageará Quincy Jones, tanto por sua obra como músico como por sua dedicação social, econômica e educativa.

Além disso, em 8 de fevereiro de 2008, dois dias antes da cerimônia do Grammy, a Academia fará uma homenagem à 'incomparável rainha do Soul', Aretha Franklin.

A Academia também anunciou oficialmente a criação do Museu Grammy, um centro de 2.790 metros quadrados dedicado a este prêmio musical e que ficará no novo complexo urbanístico (L.A.Live) que está sendo construído no centro de Los Angeles, em frente ao estádio Staples, sede do time de basquete Los Angeles Lakers.