Leilão de arte do mundo islâmico em Londres supera expectativas

Agência JB

LONDRES - O resultado do leilão de arte islâmica realizado na quarta-feira na sede londrina da Sotheby's superou todas as previsões, segundo a empresa.

As vendas totalizaram £ 4,4 milhões (US$ 8,8 milhões), £ 1 milhão a mais que o previsto, diz a casa de leilões em comunicado.

- Além dos compradores particulares, participaram também instituições do Oriente Médio, Europa, América do Norte e Ásia. O quadro reflete a atração que a arte islâmica exerce no mundo todo, comentou Edward Gibbs, diretor do departamento de arte islâmica e indiana.

O preço mais alto foi pago por um 'hizam' (faixa de tecido com ornamentos caligráficos) da Caaba, o local de culto mais importante da religião muçulmana. Um comprador anônimo ofereceu £ 311.200 (mais de US$ 622 mil), o dobro do valor estimado.

Outros objetos que alcançaram um preço muito mais alto que o calculado foram um astrolábio de latão, procedente do Marrocos medieval, vendido por £ 204 mil, e um exemplar do 'Shahnama' (Livro dos Reis) de Firdausi, com 39 delicadas miniaturas do artista persa Mu'in Musavvir, vendido por £ 192 mil.

Também dobrou o preço estimado um capacete de forma incomum que data do período mameluco tardio ou do começo do império otomano e que atingiu £ 108 mil.