Bill Wyman, ex-membro dos Rolling Stones, dedica-se à arqueologia

Agência EFE

LONDRES - Bill Wyman, ex-integrante dos Rolling Stones, é um apaixonado pela arqueologia e dedica grande parte de seu tempo a buscar tesouros em Suffolk, leste da Inglaterra, onde tem uma propriedade, segundo a edição desta quarta-feira do jornal 'Daily Express'.

O ex-baixista da lendária banda britânica saiu nesta terça-feira com seu detector de metais em busca de alguma peça arqueológica.

- Para muitos de nós, experimentar a riqueza da história do Reino Unido se faz através dos museus, do colégio, das bibliotecas ou da internet, disse Wyman, de 70 anos, ao jornal.

Wyman ressaltou, no entanto, que contar com um detector de metais não é coisa de pessoas excêntricas, 'é provavelmente a melhor e mais divertida maneira de aprender a história'.

Segundo o ex-baixista, em seu tempo livre encontrou moedas de todas as épocas, da Idade do Bronze até a atual.