Belgrado estuda sedar cavalos durante show dos Stones

REUTERS

BELGRADO - A idéia de sedar até 300 cavalos nos estábulos do hipódromo de Belgrado, a fim de mantê-los calmos durante um show dos Rollings Stones, enfureceu os defensores dos animais da Sérvia, que tentam transferir o evento para outro local.

Mais de 100 mil pessoas são esperadas no hipódromo, o maior local cercado da capital sérvia. Os cavalos estarão a poucos metros do palco.

- Os cavalos são diferentes, assim como as pessoas. Alguns são mais nervosos, mais ariscos - disse a tratadora Jovanka Prelic. - Se eles ficarem nervosos demais ou começarem a entrar em pânico durante o show, vão receber sedativos.

Os 12 clubes eqüestres que funcionam no hipódromo esperam que os organizadores permitam a presença de funcionários suficientes nos estábulos durante o show para dar tranquilizantes aos animais, segundo Prelic.

A Orca, principal ONG de proteção aos animais da Sérvia, diz que o show será extremamente nocivo aos cavalos, e que sedá-los não é a solução.

- As pesquisas mostram que o barulho e as vibrações são as causas mais fortes de estresse para os animais - disse à Reuters o presidente da Orca, Elvir Burazerovic.

- Certamente nossa grande cidade tem espaços abertos suficientes onde 150 mil pessoas caberiam. Achamos que o hipódromo deveria ser deixado para os cavalos - afirmou ele, acrescentando que deslocar os animais não seria a solução.

- O transporte também causa muito estresse e, além disso, não há local alternativo para os cavalos.

Os cavalos seriam sedados com diazepam, que, vendido na Sérvia sob o nome de Bensedin, tornou-se uma droga muito popular durante os 78 dias de bombardeios da Otan em 1999, quando grande parte da população adulta da cidade dependia de tranquilizantes.

A Orca disse que, se não conseguir convencer os organizadores a mudarem o local do show, vão entrar em contato diretamente com os Stones para pedir que eles usem sua influência.

- Acredito que vamos conseguir, pois uma banda de tamanha reputação não vai permitir uma mácula dessas no seu currículo - afirmou Burazerovic.

A banda nunca se apresentou na Sérvia. Um show em 2003 foi cancelado devido ao assassinato do então primeiro-ministro Zoran Djindjic, e o concerto marcado para 2006 teve de ser adiado quando o guitarrista Keith Richards caiu de um coqueiro nas ilhas Fiji e teve de se submeter a uma cirurgia no cérebro. Agora, o show está marcado para 14 de julho.