Reggae B, banda de Bi Ribeiro, faz show nesta terça na Lapa

Agência JB

RIO - A banda Reggae B vai tocar nesta terça-feira no Teatro Odisséia, na Lapa. Clássicos do ritmo jamaicano, nacionais e internacionais, formam o repertório do Reggae B, que surgiu a partir da iniciativa de Bi Ribeiro (baixista dos Paralamas do Sucesso), que enquanto aguardava a recuperação de Herbert Vianna, reuniu músicos em uma banda dedicada exclusivamente ao reggae, passando pelo ragga, dub e ska.

A idéia surgiu a partir do convite feito pelo grupo de reggae Negril (banda produzida por Herbert Vianna) para fazer uma participação especial em um tributo a Bob Marley. Bi Ribeiro - que junto com João Barone já havia comandado uma banda de covers no começo dos anos 90, a Mighty Reggae Beat empolgou-se com a volta aos palcos e convocou os amigos João Fera e Bidu Cordeiro (tecladista e trombonista dos Paralamas, respectivamente) para integrarem, junto com músicos do Negril, uma turnê nacional com os The Wailers banda que consagrou Bob Marley. O público se esbaldou ao som de Black Uhuru, Linton Kwesi Johnson, Dennis Brown, Bob Marley, Peter Tosh e outros grandes nomes da música jamaicana.

Ali ficou claro que de alguma maneira deveriam seguir adiante com o projeto de tocar Reggae. Com o sucesso dos shows, o que era para ser apenas um projeto, virou banda e foi batizada Reggae B (B de Brasil, banda B de cada um).

Após algumas alterações na formação inicial, o Reggae B agora se fixou: Bi Ribeiro (fundador dos Paralamas) no baixo, João Fera (Paralamas) e Jean Pierre (ex-Cidade Negra) nos teclados, Cláudio Menezes (AfroReggae) na guitarra, Marlon (Vitória Régia) e Bidu Cordeiro (Paralamas) nos trombones e Ronaldo Silva (filho do percussionista Robertinho Silva, tocou com Caetano entre outros) na bateria. Nos vocais, Valnei Ainê (Negril) e Gustavo Black Alien (ex- Planet Hemp) completam o time.

O Teatro Odisséia fica na Rua Mem de Sá, 66, Lapa, Centro do Rio.