Uma ode aos desvalidos: confira crítica de 'Poderia me perdoar?'

A escritora especializada em biografias Lee Israel viu sua fonte secar e a relação com sua editora azedar no final dos anos 80, sem conseguir emplacar nenhum projeto e repleta de dívidas. Ao perceber o interesse de antiquários por escritos de grandes nomes da literatura, Lee passa a forjar materiais de nomes como Dorothy Parker e Noel Coward, em uma sequência de golpes ao lado do amigo Jack Hock, que vão mostrar a essas duas almas perdidas uma possibilidade de sobrevivência.

O segundo filme da cineasta Marielle Heller (do ótimo 'Diário de uma Adolescente') aos poucos vai deixando as amarras de uma típica biografia para encontrar sua vocação ao traçar dos mais pungentes retratos sobre desvalidos emocionais da temporada. Em soberbas interpretações de Melissa McCarthy e Richard E. Grant, Lee e Hock são duas das figuras mais melancólicas do cinema em 2018, que tentam subsistir com as migalhas amassadas que lhes restaram. Ao encontrarem um ao outro, nasce mais do que uma dupla de vigaristas, mas uma amizade entre dois seres que não tinham mais ninguém ao lado.

Macaque in the trees
Melissa McCarthy e Richard E. Grant (Foto: Divulgação)

Tanto Melissa quanto Grant retratam a solidão e o afastamento que o individualismo encorajado pela própria sociedade americana há várias décadas acabou por produzir figuras trágicas e carentes em todas as esferas, como a escritora e seu improvável amigo. Ambos indicados ao Oscar junto ao roteiro adaptado da própria autobiografia de Lee, a prestigiada comediante e o britânico veterano estão no ponto máximo de o o suas carreiras e conseguem driblar as armadilhas típicas que o gênero acaba escorregando pelo fim do filme. A trilha marcante do irmão da diretora Nate ajuda a contar essa história muito triste, que retrata o esfacelamento do 'american way of life' com muito sarcasmo e lágrimas sinceras.

______________________________

PODERIA ME PERDOAR?: ** (Regular)

Cotações: o Péssimo; * Ruim; ** Regular; *** Bom; **** Muito Bom