Hits de Tim Maia revisitados em jazz por João Senise

Compositor e dono de uma das vozes mais marcantes do pop brasileiro, Tim Maia recebe uma interessante releitura jazzística pelo cantor João Senise. O repertório do CD "Chama o síndico" (Fina Flor) pode ser conferido amanhã em show no Teatro Rival.

O jovem intérprete dividirá o palco com Gilson Peranzzetta (piano, arranjos e direção musical), Áurea Martins (voz), Moyseis Marques (voz), Mauro Senise (sax e flauta), Rildo Hora (gaita), Adriano Giffoni (baixo elétrico), Ricardo Costa (bateria) e Mingo Araújo (percussão).

Macaque in the trees
Senise mostra Tim Maia com uma nova sonoridade (Foto: Marcelo Castelo Branco/Divulgação)

No repertório, clássicos autorais de Tim Maia como "Não quero dinheiro", "Azul da cor do mar", "Réu Confesso" e "Acende o farol", além de canções de outros compositores que acabaram eternizadas em seu vozeirão como "Primavera" e "Eu amo você", de Cassiano e Sílvio Rochael; "Telefone", de Nelson Correa e Beto Kae; "Um dia de domingo" e o hit "Me dê motivo", de Michel Sullivan e Paulo Massadas; "Gostava tanto de você", de Edison Trindade; "A festa do Santo Reis", de Márcio Leonardo; e "Descobridor dos sete mares", de Gilson Mendonça e Michel.

"As músicas são velhas conhecidas do público, mas estão apresentadas com uma sonoridade totalmente nova, resultado do trabalho do Gilson Peranzzetta como arranjador. A essência da obra está lá, mas com outra leitura. Quando as pessoas ouvirem, vão notar a diferença", garante Senise.

Com 30 anos de idade e seis anos de carreira, Senise apresenta uma expressiva produção musical. "Chama o síndico", seu sexto álbum, tem 15 faixas e assinatura de Peranzzetta na direção musical e arranjos - e ainda ao piano, acordeão e clarineta. O disco traz ainda as participações especiais de Ivan Lins em "Primavera", de Leny Andrade em "Saigon" e de Áurea Martins em "Um dia de domingo". Instrumentistas de peso também participaram das gravações como o grupo Cama de Gato, convidado na faixa "Lindo lago do amor"; Rildo Hora em "Azul da cor do mar"; Jota Moraes toca vibrafone em "Eu amo você"; e Mauro Senise - pai de João - está em "Não quero dinheiro". (A.N.)

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais