Caderno B: confira dicas de Literatura

Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente - Onde dorme o amor

Após ganhar o título de livro de ficção mais vendido em 2018, o coletivo literário TCD lança sua segunda obra, uma coletânea de textos inéditos onde os autores Igor Pires, Gabriela Barreira, Letícia Nazareth e Malu Moreira - com ilustrações de Júlio Almeida - exploram o perdão, a cura e o amor em seus diversos aspectos, do modo poético e sensível. O livro abraça todas as complexidades de ser, desconstruindo conceitos e lugares-comuns. Editora Globo Alt, 256 págs, R$ 39,90.

Mal líquido

Sequência do elogiado "Cegueira moral", este novo diálogo de Zygmunt Bauman e Leonidas Donskis aponta algo de novo sobre o mal no mundo contemporâneo que quer nos convencer de que não há alternativa à onda de alienação e individualismo. Se antes o mal era personificado por estados totalitários ou pela perda de sensibilidade em relação ao outro, agora ele se esconde nas teias produzidas pelo modo líquido moderno de comércio e interação. Editora Zahar, 208 págs., R$ 59,90.

Para todos os corações selvagens

Segunda incursão literária do escritor brasiliense João Pires da Gama. "Para todos os corações selvagens" reúne poemas que o jovem autor, de 25 anos, produziu durante sua quarta internação numa clínica psiquiátrica no bairro de Santa Teresa. "É um livro obscuro, mas que pode servir de exemplo para outros jovens que passam por esse tipo de problema", diz Gama. Editora Multifoco, 68 págs. R$ 35.