Rei Felipe e chefe do governo espanhol animam Espanha

O rei da Espanha, Felipe VI, e o chefe do governo, Pedro Sánchez, tentaram animar neste domingo (1º) os jogadores da seleção espanhola, após sua eliminação nas oitavas do Mundial da Rússia.

"Vocês deram esperança a um país inteiro durante semanas. Desta vez, pode não ter sido, mas tenho certeza de que voltaremos a fazer isso. Todo meu apoio a @SeFutbol", tuitou Sánchez.

O rei Felipe, que acompanhou ao vivo a derrota espanhola na disputa de pênaltis (4-3), após o 1-1 da partida no tempo regulamentar, foi ao vestiário animar os jogadores.

Em imagens divulgadas no site da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), vê-se o monarca saudando o goleiro David de Gea e o capitão Sergio Ramos, depois da derrota no estádio Luzhniki moscovita.

"Sua Majestade visitou os jogadores, após cair nas oitavas de final do Campeonato Mundial e dedicou palavras de carinho e afeto aos jogadores", afirmou a RFEF em sua página on-line.

bur-gr/ao/tt