Acompanhe minuto a minuto Espanha X Rússia

A capital russa está em festa desde o dia 14 de junho, quando a Copa começou. As ruas estão lotadas, a animação é contagiante. Parece que ninguém dorme, até porque, o sol teima em não ir embora. É com este clima que a seleção da Rússia conta para superar hoje, às 11h, a Espanha e continuar com os dias de sonho em Moscou. Ontem, o técnico  Stanislav Chershesov, deixou claro com que espírito sua equipe entrará em campo hoje, diante de quase 80 mil torcedores que lotarão o Estádio Lujniki, o maior da Copa. “Há  um ditado na Rússia que diz que qualquer um pode ser Deus se trabalhar duro”, afirmou o bigodudo na coletiva de imprensa. 

>> Acompanhe aqui

Do outro lado, a esperança é que o pior já tenha passado. Depois da estreia empolgante no empate de 3 a 3 com Portugal, a Espanha foi uma completa decepção nos jogos seguintes. Venceu o Irã às duras penas (1 a 0) e empatou no sufoco com Marrocos (2 a 2). Uma grande decepção. O técnico Hierro, espera que as dificuldades tenham fortalecido sua equipe.  “O time treinou bem, em alto nível, está em bom estado físico e mental. A dificuldade de que todo mundo fala que enfrentaremos, nós transformamos em confiança”, afirmou Hierro. 

Espanha: De Gea; Carvajal, Piqué, Ramos e Alba; Koke, Busquets, David Silva, Iniesta e Isco; Diego Costa. 

Rússia: Akinfeev; Mário Fernandes, Kutepov e Ignashevich; Zhirkov, Samedov, Gazinskiy, Golovin e Zobnin; Cheryshev e Dzyuba.  Juiz: Bjorn Kuipers (Holandês).