Árbitro de vídeo foi usado 335 vezes durante primeira fase do Mundial

O VAR, o árbitro de vídeo, foi usado 335 vezes durante a primeira fase do Mundial da Rússia-2018, anunciou nesta sexta-feira a Fifa, reivindicando uma porcentagem de decisões corretas de 99,3% graças a essa ajuda, contra as 95% sem ela.

No transcurso das primeiras 48 partidas do Mundial, todos os gols da primeira fase (122) assim como um bom número de situações forma verificadas, explicou o chefe de arbitragem da Fifa, o italiano Pierluigi Collina. "E nessas 335 verificações, 17 ocasionaram um exame através do VAR", acrescentou.

No total, 14 decisões foram modificadas durante as partidas da primeira fase em função do VAR, enquanto que outras 3 confirmadas.

O tempo médio para o uso do VAR em uma partida foi de 80 segundos. Este Mundial é o primeiro a utilizar esta tecnologia de ajuda para evitar lances polêmicos.