Messi perde pênalti e Argentina só empata com Islândia (1-1) na Copa

Sob o atento olhar de Diego Maradona, presente no estádio do Spartak, em Moscou, a Argentina teve que se contentar com um empate em 1 a 1 com a valente Islândia, neste sábado pelo Grupo D da Copa do Mundo da Rússia, em partida em que Lionel Messi perdeu um pênalti.

Os argentinos pareciam encaminhar uma vitória tranquila sobre o modesto adversário ao abrir o placar logo aos 19 minutos de jogo com Sergio Aguero. Mas, aos 23, os nórdicos foram buscar o empate com Alfred Finnbogasson, um resultado que conseguiram segurar com unhas e dentes até o apito final.

No dia seguinte à atuação de gala de Cristiano Ronaldo, seu eterno rival e autor de três gols no épico duelo entre Portugal e Espanha (3-3), o mundo queria saber se Messi responderia à altura para guiar a Argentina à vitória sobre a Islândia. Mas o resultado foi o oposto.

Além de sumido em campo, muito bem marcado pela forte defesa nórdica, o craque do Barcelona ainda perdeu um pênalti aos 19 minutos do segundo tempo que teria recolocado a Argentina em vantagem no placar.

Do outro lado do campo, a Islândia, xodó da Eurocopa-2016, quando surpreendeu o mundo do futebol ao alcançar às quartas de final, mostrou novamente não ter medo de bicho-papão e conseguiu um valioso empate contra uma das seleções apontadas como favoritas ao título na Rússia.

Com o empate, Argentina e Islândia dividam provisoriamente a liderança do Grupo D do Mundial russo, enquanto esperam o resultado do duelo entre Croácia e Nigéria, que se enfrentam ainda neste sábado em Kaliningrado.

Na próxima rodada, no dia 21, os argentinos enfrentam os croatas em Nizhny Novgorod. No dia seguinte, Nigéria e Islândia duelam em Volgogrado.

am