Croácia vence Nigéria e assume liderança do grupo D da Copa do Mundo

Em partida truncada, a Croácia venceu a Nigéria por 2 a 0 e assumiu a liderança do grupo D, neste sábado, na partida de estreia na Copa do Mundo da Rússia-2018.

Os croatas saíram na frente com gol contra de Oghenekaro Etebo, aos 32 minutos do primeiro tempo, e fecharam a conta em cobrança de pênalti de Luka Modric, aos 26 da segunda etapa.

O resultado coloca a Croácia na liderança do grupo D com três pontos. No outro jogo da chave, Argentina e Islândia somaram um ponto após empate em 1 a 1 em partida que contou com pênalti desperdiçado do craque Lionel Messi.

O jogo que fechou a rodada da chave foi comandado pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci, que teve atuação segura e não precisou contar com o auxílio da vídeo arbitragem.

Na próxima rodada, Argentina e Croácia se enfrentam em Nijni Novgorod, dia 21 de junho, enquanto Nigéria e Islândia duelam em Volgogrado no dia seguinte.

"Vai ser um jogo muito difícil. Eles têm grande qualidade, mas esta vitória vai aumentar nossa confiança e melhorar nosso jogo", garantiu o capitão Modric sobre o duelo contra a Argentina.

- Jogo fraco tecnicamente -

As duas equipes entraram no jogo muito fechadas na defesa, mas os croatas começaram a encontrar espaços depois dos 10 minutos. A primeira chegada perigosa veio em chute de Ivan Perisic, aos 13, e pouco depois em tentativa de Andrej Kramaric, aos 15, ambas de fora da área.

Mas o jogo estava truncado no meio de campo, com os nigerianos tentando definir rapidamente e errando muitos passes, enquanto os croatas tinham dificuldades de encaixar uma boa sequência de toques pelo chão.

Sem muito caminho com a bola rolando, a tentativa foi mudar a estratégia e buscar o gol pelo alto. E funcionou.

Em cobrança de escanteio de Modric pelo lado direito, Mario Madzukic cabeceou na pequena área e contou com o desvio de Etebo para abrir o placar, aos 32 minutos do primeiro tempo. A arbitragem assinalou gol contra do nigeriano.

Na volta do intervalo, a Nigéria saiu para o jogo e começou melhor. Mas a Croácia estava bem postada em campo e não dava espaços para os africanos, que apostavam na criatividade e de jogadas individuais de Victor Moses e Obi Mikel.

Apesar de contar com os talentosos meias Modric e Ivan Rakitic, os croatas tinham dificuldade de impor a superioridade técnica diante da força física dos adversários.

Mas em cobrança de escanteio aos 24 minutos, o zagueiro Troost-Ekong agarrou o Mandzukic acintosamente dentro da área. Atento ao lance, Ricci apontou para a marca da cal. Na cobrança da penalidade, Modric deslocou o goleiro para tocar rasteiro no canto esquerdo, ampliando o placar aos 26.

Depois do gol, a partida manteve seu ritmo lento e com poucas chances de gol. A Croácia até teve oportunidade de fazer o terceiro, aos 46 minutos, mas Kovacic chutou em cima do goleiro Uzoho.

fa