Árbitro de vídeo é usado pela primeira vez na história da Copa do Mundo

O VAR, sigla em inglês para o árbitro de vídeo, foi utilizado pela primeira vez durante uma Copa do Mundo, na partida entre França e Austrália, quando o árbitro uruguaio Alvaro Cunha revisou uma jogada para marcar um pênalti a favor da seleção europeia.

O árbitro marcou o pênalti depois de consultar o VAR ("video assistant referee"). A penalidade máxima foi convertida pelo atacante Antoine Griezmann.

Gianluca Rocchi, árbitro da partida entre Portugal e Espanha, que terminou empatada em 3 a 3, ontem (15), havia recorrido a uma "verificação sem visualização", mas não ao VAR (sigla em inglês de "Video Assistant Referee") propriamente dito. A revelação foi feita pela Fifa.

"Aconteceu uma comunicação com o árbitro central em um gol de Diego Costa depois de um contato com Pepe. [O árbitro] perguntou aos auxiliares se haviam visto algo. Responderam que estava tudo certo", explicou a Fifa.

ol/fp