Marcelo deixa Real x Barça de lado em final: "Não tem nada a ver"

Com nove jogadores do Barcelona na seleção espanhola, a final da Copa das Confederações poderia servir como uma espécie de clássico entre clubes para o lateral Marcelo, do Real Madrid. Porém, o titular do lado esquerdo da Seleção rechaça essa hipótese e diz que o momento é outro e, principalmente, a Seleção Brasileira tem outro perfil para a partida deste domingo, no Maracanã, a partir das 16h.

"Não é um Real Madrid x Barcelona. É Seleção Brasileira e seleção espanhola. Lógico que tem Iniesta e Xavi jogando praticamente igual. Tanto na seleção como no Barcelona, mas não tem nada a ver falar de Real Madrid. É jogo de seleções. Barcelona e Real não tem o que falar sobre", afirmou Marcelo.

O lateral transferiu a responsabilidade do favoritismo em vencer o duelo para os adversários deste domingo. "A seleção campeão é a Espanha. Estamos montando um time. Eles vem jogando há muito tempo juntos. Eles estão há muito tempo disputando finais, e a gente vai para a primeira. Estamos nos entrosando e estamos bem. Dá para fazer um grande jogo".

Apesar de passar o favoritismo para o rival, Marcelo não pensa em sair do Maracanã com o vice-campeonato. "Na minha cabeça não passa a derrota. Sabemos e vamos respeitar, mas também temos possibilidade de ganhar como eles. Não porque eles são campeões que vamos pensar que é impossível. Eles tem grandes jogadores, mas temos que dar valor à nossa Seleção, que tem jogadores que podem fazer frente".