Fred agradece "canela abençoada" e festeja que sorte virou de lado

No início da Copa das Confederações, o centroavante Fred sofria com a fase ruim e o jejum de gols há três partidas. Após desencantar e marcar dois contra a Itália, o jogador parece ter mudado essa maré de azar. A comprovação disso pôde ser vista no tento que ele anotou diante do Uruguai, na vitória por 2 a 1, nesta quarta-feira, em jogo que colocou o Brasil na final do torneio.

Após rebote dado pelo goleiro Muslera em chute de Neymar, a bola sobrou para o camisa 9 da Seleção Brasileira que acabou chutando meio torto e colocando a bola para o fundo das redes. "Bateu no joelho, na canela abençoada, né. Porque quando subi pra dar uma pedalada, se eu bato com o pé no chão, poderia subir a bola, ia pegar no zagueiro que tava muito perto. Como pegou meio mascado foi pro gol e deu certo".

Para Fred, há alguns jogos um gol como este não estava saindo. "Isso é bom, há 3, 4 jogos atrás eu batia certinho e o goleiro pegava na ponta do dedo, batia na trave. Agora pego errado e entra. Tomara que continue assim, cada vez mais com a camisa da Seleção".

Goleador entre os comandados de Luiz Felipe Scolari ao lado de Neymar, com três gols cada, Fred afirmou que não se importa se plasticamente o tento marcado no Mineirão não foi dos mais bonitos. "Pode bater de nuca, de qualquer jeito, o importante é fazer gol. Tem fases da vida que você faz tudo certo e acaba não entrando. Se eu pego de jeito ali, acho que não sairia gol".

O centroavante comentou ainda a comemoração do gol marcado. De acordo com Fred foi uma homenagem ao povo de Minas Gerais, local onde despontou para o futebol defendendo a camisa do Cruzeiro no início dos anos 2000. "Aqui é nossa casa, foi mais ou menos isso (que eu disse). Saio daqui orgulhoso do meu povo mineiro, que incentivou mesmo com a equipe não jogando tão bem, em um jogo nervoso, de muita marcação, de alguns erros. Mesmo assim nos apoiaram, nos incentivaram. Saio com a impressão de que jogo em casa, não só eu, mas esse é o papo ali dos jogadores. Foi só uma mensagem de agradecimento ao torcedor mineiro".