Fifa vê gramados "abaixo do padrão" e quer trocas para 2014

De acordo com a coluna Painel FC desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, o estado dos gramados brasileiros na Copa das Confederações tem causado incômodo entre os dirigentes da Fifa. Apesar de modernos, os novos estádios levantados ou reformados exclusivamente para as Copas disputadas no Brasil sofrem duras críticas pela qualidade do campo.

Ainda segundo o diário, até o gramado do Mineirão, considerado um dos melhores da Copa das Confederações 2013, terá que sofrer reparos para a semifinal Brasil x Uruguai, na quarta-feira. O gramado do Mané Garrincha desagradou logo na estreia e o da Arena Pernambuco enfrenta problemas de irrigação. Para a Fifa, nenhum deles está no "padrão" exigido pela entidade e todos terão que ser reformados para 2014 - o de Brasília, estádio mais caro do País, totalmente trocado.