Copa das Confederações: 26 mil ingressos ainda não foram retirados

O secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke, anunciou nesta quinta-feira que 26 mil ingressos ainda não foram retirados para os jogos do final de semana da Copa das Confederações. A maioria, cerca de 20 mil, é para o jogo entre Itália e México, domingo, no Maracanã. Mas também há 6 mil bilhetes à espera da torcida brasileira que vai assistir a Brasil x Japão, sábado, no Mané Garrincha, em Brasília.

A Fifa está muito preocupada com a demora do público em retirar os ingressos porque pode haver problemas. "Eu gostaria que a mídia divulgasse que milhares de pessoas ainda não foram buscar seus ingressos. 20 mil para o jogo com a Itália. Precisam fazer isso agora e não no dia do jogo. Nosso sistema, até por motivos de segurança, exige que as pessoas peguem os ingressos antes", afirmou Valcke.

O secretário geral da Fifa espera que o evento que começa no sábado ajude o brasileiro a mudar seus costumes. "É bom que a Copa das Confederações aconteça aqui para os brasileiros aprenderem a não ir buscar o ingresso no dia do jogo. Faz parte da cultura, eu sei. Na Europa, as pessoas querem ter o ingresso na hora. Aqui deixa-se mais para a última hora."

Mas nem tudo são más notícias para a Fifa. Valcke comemorou a venda recorde de ingressos para os jogos da competição no Brasil. "Vendemos o triplo dos ingressos em relação à Africa do Sul. Ainda há ingressos à venda para alguns jogos, mas não mais para os da seleção brasileira".