Empiricus: investimento é isso aí

Há pouco mais de duas semanas, num desses anúncios tipo spam, em nada diferente da venda de um tapete persa a preço de banana na internet, a jovem Bettina Rudolph, uma loura de 22 anos, de perfil bonito, alardeia que conseguiu acumular R$ 1,042 milhão de reais em três anos investindo mensalmente R$ 1.520,00 em ações e títulos do Tesouro Direto. Uma tremenda cascata, da empresa de análise financeira que já foi advertida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e escapou de multa por não ser empresa de gestão financeira.

Diante da reação para dica tão estapafúrdia, o Procon foi acionado por milhares de pessoas e resolveu agir. Logo se descobriu que a tal Bettina é funcionária da própria Empiricus, atuando no departamento de marketing.

Com a forte reação contra o vídeo mirabolante, esta semana a Empiricus pôs no ar novo vídeo com 4:43 de duração no qual ela se apresenta, diz que é da equipe de divulgação da companhia e se trai, no início da apresentação, negando que a empresa divulgue uma pirâmide ou apenas uma jogada de marketing. E ela muda radicalmente a história (uma pesquisa no Google mostra isso claramente, embora o primeiro vídeo tenha sido retirado do ar).

Bettina diz agora que o pai, que é empresário, tinha “uma caderneta de poupança há 19 anos” e lhe deu o dinheiro para aplicar”, seguindo as dicas da Empiricus. E ela “dobrou o capital em um ano e meio”. Como ela teria R$ 1,042 milhão, significa que ela partiu de R$ 521 mil. Um rendimento de 100% em 18 meses, é história para carochinha.

Mas o que já está claro é que nem a versão se sustentou.

O cidadão pode acreditar em tudo. Mas não tem o direito de ser todo com o seu dinheiro.

A rigor, não é impossível dobrar o capital em 18 meses. No ano passado algumas ações negociadas na B3 tiveram valorização acima de 100%. 

A campeã foi Magazine Luiza, cujas ações subiram 126%.

Cemig veio em segundo lugar, com valorização de 116,7%.

Suzano, companhia de celulose que virou líder mundial em celulose de eucalipto, de fibra curta, após a compra da Fibria, acumulou alta de 104,73%.

Das blues chips, Petrobras teve alta de 51,67%.

Como a mentira tem pernas curtas, a da Empiricus, teve de ser refeita. Lá atrás, a CVM advertiu a empresa. Agora, foi a vez do Procon aplicar multa de R$ 9,7 milhões à Empiricus, que é ligada ao site O Antagonista. Na prática, o investimento do Procon rendeu bem mais: mais de 8 vezes o R$ 1,042 milhão da Bettina.