Jornal do Brasil

Música em Pauta

Música em Pauta

Mariana Camargo

Orlando

Jornal do Brasil MARIANA CAMARGO, mcamargo@jb.com.br

Com 150 anos de existência, a Ópera de Viena (Vienna State Opera) estreia neste domingo a primeira ópera de uma compositora. É chocante que em algumas profissões as mulheres ainda precisem fazer esforços extras para terem o mesmo lugar ao sol. Também é irônico que a estreia seja justamente uma ópera com libreto baseado em Orlando, de Virginia Woolf, um romance que tem o personagem central às voltas com sua ambiguidade de gênero. Olga Neuwirth, a compositora austríaca de Orlando, apesar de pouco conhecida no Brasil, faz sucesso no mundo da música contemporânea desde os anos 90, quando despontou com uma linguagem que misturava várias formas de arte e até as ciências naturais eram incluídas em suas peças, como, por exemplo, Lonicera Caprifolium (1993), em que usou dados geofísicos para estruturar sua composição.

Macaque in the trees
Olga Neuwirth (Foto: Harald Hoffmann)

Orlando é composta de 19 cenas e tem, entre os cantores, o artista americano trans de cabaret, Justin Vivian Bond, fazendo o papel de Orlando quando criança, e que dividirá o palco com cantores de ópera como Kate Lindsey e Eric Jurenas. A partitura inclui uma orquestra clássica, neste caso será a Orquestra da Opera de Viena, e tem também dois sintetizadores, uma guitarra elétrica e mais três coros, com alguns cantores colocados dentro do enorme lustre do teatro. “Não sei se o público mais conservador, que quer ouvir repetidamente o mesmo repertório, estará aberto para a estranha jornada de Orlando e minha música”, disse Neuwirth.

NOTAS e ACORDES

### João Guilherme Ripper, diretor da Sala Cecília Meireles, anunciou, nesta segunda-feira, a programação para 2020. Boas surpresas virão! Entre elas, o Festival Beethoven 250. Durante o ano inteiro, Beethoven será comemorado pelos 250 anos de seu nascimento, em maio, por exemplo, serão executadas as 32 sonatas para piano. Uma novidade será a antecipação do horário dos concertos, que passam a ser às 19, em vez de 20h, como anteriormente.

### Villa-Lobos e a música popular brasileira: uma visão sem preconceito. Lançamento do livro de Ermelinda A. Paz pela Editora Tipografia Musical. Sexta-feira, 19h, na Livraria da Travessa de Ipanema.

### Duo Hirsch-Pinkas, com Evan Hirsch (piano) e Sally Pinkas (piano). Sexta-feira (6), 19h, no espaço Guiomar Novaes (Sala Cecília Meireles). No repertório: Ma mère l'Oye, cinq pièces enfantines, de Ravel; Rondo em Lá Maior, Op. 107 D. 951, de Schubert; Congada para Piano a quatro mãos, de Mignone, Valsas, Op 39, de Brahms; e Souvenirs, Op. 28, de Barber.

Macaque in the trees
Duo Hirsch-Pinkas (Foto: Susan Wilson)