Furto no MEC 

Furto no MEC

Afanaram o notebook do professor Crispim, chefe de Valorização dos Profissionais de Ensino, em plena quarta-feira de cinzas, no 6º andar do Ministério da Educação. Mineiro que se benze todos os dias com folhas de orixás, o professor deve ter esquecido o preceito após a folia.

Valeu o escrito

Como a coluna antecipou em junho, “melou” o contrato da Força Aérea dos EUA para comprar os Super Tucano da Embraer. A americana Hawker Beechcraft alegou suspeita de fraude na licitação e perda de empregos americanos. Dilma se encontrará com Obama em abril. 

Estranho paraíso

Sitiados pela enchente no Acre, os haitianos estão loucos para sair do Brasil. Descobriram que o Haiti é aqui, como canta Caetano Veloso. 

PODER SEM PUDOR

Pontaria ruim

Nos anos 40, Otávio Mangabeira (UDN) foi representar a Câmara dos Deputados em uma demonstração de tiro da Marinha, em alto mar. Não gostou da missão porque detestava exibições militares. Durante o exercício, era visível o seu desinteresse. O comandante resolveu se vingar quando percebeu que o absorto Mangabeira tomou um susto com um dos tiros:

- Ora, deputado, não vá me dizer que está com medo...

Mangabeira foi rápido no gatilho:

- Estou sim, almirante. É que o único lugar seguro, por aqui, é o alvo...

                                                    ***

“Em São Paulo é preciso reconhecer que erramos”

Senadora Marta Suplicy (PT-SP) sobre o flerte comprometedor do PT com Kassab