Irã cala o Brasil

Irã cala o Brasil

O Brasil mais uma vez assumiu atitude de vergonhosa omissão diante de uma das mais graves agressões que podem ser cometidas entre países em tempo de paz: a invasão à embaixada da Grã-Bretanha em Teerã, estimulada pelo governo do porralouca Mahmud Ahmadinejad.

Inexorável

Dono de língua afiada, Silvio Costa (PTB-PE) cutucou um deputado no plenário, dia desses, apontou para Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sempre aos cochichos, e brincou: “Mais três anos e ele quebra o Brasil...”

Varrição

O ministro Aldo Rebelo (Esporte) demitiu Waldemar Souza, secretário-executivo que encontrou no cargo após a demissão de Orlando Silva, e nomeou em seu lugar Oceania Paula Dias Pini.

Humor com porrada

O tempo esquentou de novo com o “CQC”: na quarta (30), o deputado Paulo Magalhães (PSD-BA) destruiu o microfone de Felipe Andreoli, por se sentir ofendido com pergunta sobre assinaturas falsas do partido. Paulo diz que “denegriram sua imagem”. Vai ao ar segunda.