Governo imprevidente: primeiro, os cartões de crédito; depois, o IPI

Governo imprevidente

Primeiro aumentou imposto sobre cartões de crédito no exterior, surpreendendo milhares de pessoas no meio da viagem. Depois, veio o atabalhoado aumento de IPI, protegendo carroças produzidas no Brasil.

Planejamento zero

O Ministério do Planejamento não conseguiu planejar nem mesmo a mudança do feriado do Dia do Servidor, amanhã (28), para 14 de novembro, a apenas três dias do ex-futuro-quase-feriado.

Pensando bem...

Dilma vai trocar seis ministros por meia dúzia.

PODER SEM PUDOR

Corre, Suplicy, corre

O País fervilhava com as denúncias de roubalheira do Mensalão, no primeiro governo Lula, mas, alheio à confusão, o senador abilolado Eduardo Suplicy (PT-SP) se dirigia a TV Globo em São Paulo, onde participaria do “Mais Você”. Mas se viu preso no trânsito. 

Preocupado com a hora, porque o programa de Ana Maria Braga é ao vivo, Suplicy saiu do carro e foi correndo até a emissora. Um petista correndo no meio da rua, naqueles tempos de Mensalão? O senador Forest Gump fez o percurso ouvindo gracejos:

- Tá correndo de quem?

- Pega!