Morre Rowena, a ursa 'mais triste do mundo', que inspirou livro de Rita Lee

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ursa Rowena, conhecida como "a mais triste do mundo", morreu nesta quarta (24). O anúncio da morte foi feito no perfil do Instagram da ONG Rancho dos Gnomos, que acolhe animais vítimas de maus-tratos, em Joanópolis (SP).

"Há uma semana, a nossa ursinha mudou o padrão de alimentação, o que nos criou um alerta", diz no vídeo a veterinária do santuário, Carla Spechoto. Segundo ela, Rowena foi encaminhada para o Hospital Veterinário da USP. "Foi constatado que ela teve um tumor ovariano muito grave."

Anteriormente chamada de Marsha, a ursa siberiana vivia no zoológico de Teresina e sofria com as altas temperaturas do local. 

Depois de um abaixo-assinado que firmado por 238 mil pessoas em cinco continentes e muito trabalho de veterinários, celebridades e associações protetoras de animais, a ursa foi levada de avião, em setembro de 2018, ao santuário paulista, onde sua vida se transformou.

Rowena inspirou um livro infantil de Rita Lee. "Amiga Ursa - uma História Triste, mas com Final Feliz" (Ed. Globo, 46 págs., R$ 58,00), obra ilustrada por Guilherme Francini.