Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

'Pai da computação', Alan Turing estampará notas de 50 libras

Nova cédulas começarão a circular em 2021 na Inglaterra

Jornal do Brasil

O Banco da Inglaterra anunciou nesta segunda-feira (15) que o matemático britânico Alan Turing (1912-1954) será homenageado e terá seu rosto estampado nas notas de 50 libras do país. O "pai da computação" foi selecionado dentre uma lista com mais de 200 mil nomes. De acordo com a entidade, as novas cédulas começarão a circular em 2021. Além de homenagem, a medida também é uma reparação póstuma, já que Turing, responsável por decifrar os códigos nazistas na Segunda Guerra Mundial, foi perseguido após o conflito por sua homossexualidade. Na época, por ser crime manter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo, o matemático foi demitido, em 1952, e castrado quimicamente. Somente em 2013, 61 anos após sua morte, ele chegou a ser perdoado pela rainha Elizabeth II.
Nascido em 1912, em Londres, Turing morreu em Manchester, aos 43 anos. Ele é considerado um dos mais brilhantes matemáticos de sua geração, além de pioneiro da ciência da computação e inteligência artificial.
Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou em nome da inteligência britânica no centro de criptoanálise de Bletchley Park, criando uma série de técnicas para decifrar os códigos da Alemanha nazista, incluindo os gerados pela máquina Enigma. Em 2014, sua vida foi contada no filme "O Jogo da Imitação". O rosto de Alan Turing irá substituir as imagens dos cientistas Matthew Boulton (1728-1809) e James Watt (1736-1819), que dividem a atual nota.