Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

Nasa teria se negado a financiar telescópio que nos salvaria de asteroides

Agência tem a missão de detectar asteroides que possam atingir planeta até 2020

Jornal do Brasil

A NASA foi acusada pelo aposentado astronauta americano Russell Schweickart de ter negado financiamento a um telescópio espacial que ajudaria a impulsionar a detecção de asteroides potencialmente perigosos para a Terra.

"É um telescópio de descobrimento crítico para proteger a vida na Terra e está pronto para ir", disse o engenheiro aeroespacial ao Business Insider, durante conferência espacial realizada em Nova York.

Macaque in the trees
International Space Station (ISS) (Foto: Kirill KUDRYAVTSEV / AFP)

 

Em 1908, um meteorito de 60 a 190 metros de diâmetro, que explodiu a quase 10 km da região siberiana de Tunguska (Rússia) com potência de uma bomba termonuclear, destruiu todas as árvores em uma área de 2 mil km² (equivalente ao dobro da cidade de Nova York). Já em 2013, outro meteorito de aproximadamente 20 metros de diâmetro explodiu nas proximidades da cidade russa de Chelyabinsk, resultando em mais de mil feridos.

A NASA tem a missão de detectar pelo menos 90% dos asteroides com mais de 140 metros que possam atingir nosso planeta até 2020.

 

Em junho, a Casa Branca publicou um relatório indicando que milhares de Objetos Próximos da Terra (NEO, na sigla em inglês), grandes o bastante para acabar com uma cidade, ainda não foram detectados.