Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

Impressionismo espacial: NASA capta 'nuvens magníficas' de Júpiter

Jornal do Brasil

A sonda da NASA gravou as brilhantes nuvens brancas do Gigante Gasoso quando se encontrava à distância de 7 mil quilômetros das camadas superiores do planeta.

A agência espacial norte-americana divulgou, nesta quinta-feira (7), uma imagem espetacular da paisagem com nuvens magníficas que se formaram no cinturão temperado do Polo Norte de Júpiter.

A sonda tirou a foto em 29 de outubro, mas a NASA só a divulgou nesta semana.

A fotografia, que mostra "várias nuvens brancas brilhantes emergentes" e uma "tempestade ciclônica conhecida como 'oval branco'", foi captada pela sonda espacial Juno quando esta estava à distância de aproximadamente 7 mil quilômetros das camadas superiores das nuvens do Gigante Gasoso a cerca de 40 graus de latitude norte.

Macaque in the trees
Marte (Foto: NASA)

É relatado que os cientistas Gerald Eichstaedt e Seán Doran obtiveram esta imagem usando dados da câmera JunoCam, instalada a bordo da sonda espacial.

A sonda Juno foi lançada em agosto de 2011. Cinco anos depois, a sonda se posicionou em uma órbita estável em torno de Júpiter. O aparelho se aproxima do planeta gasoso a cada 53 dias.

As missões da sonda são muito variadas, mas seu objetivo principal é saber mais sobre a atmosfera, o núcleo e os campos magnéticos e gravitacionais de Júpiter. Até agora, Juno tem tirado fotos dos polos de Júpiter, registrando fenômenos estranhos, tais como a formação de nuvens e auroras polares no planeta gasoso.