Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

Foguete russo Soyuz decola com sucesso levando satélite militar

Jornal do Brasil

Um foguete russo Soyuz 2.1b decolou nesta quinta-feira do cosmódromo de Plessetsk (norte) para colocar um satélite militar em órbita, informaram as Forças Armadas russas em um comunicado.

Este é o primeiro lançamento desde a fracassada tentativa de levar equipamentos à Estação Espacial Internacional (ISS) em 11 de outubro, cujo foguete Soyuz conseguiu decolar, mas o voo teve que ser abortado.

Um problema no motor, dois minutos após a decolagem, provocou a ejeção automática da torre de resgate do foguete, onde um astronauta americano e um cosmonauta russo voltaram para Terra.

O foguete lançado nesta quinta-feira deveria decolar em 19 de outubro, mas a operação foi adiada após o fracasso do lançamento para a ISS.

"O Soyuz FG que teve problemas em Baikonur e o Soyuz 2.1b são, a princípio, o mesmo tipo de foguete", disse à AFP um especialista em questões espaciais, Konstantin Kreidenko, acrescentando que sua principal diferença é o poder de os motores do terceiro estágio.

A partir de 2019, os foguetes Soyuz 2.1 substituirão o Soyuz FG, usado por cerca de 20 anos em lançamentos para a ISS, de acordo com Kreidenko, editor da revista "The news of GLONASS".

vvl-tbm/nm/phv/pa/mb/cn



Recomendadas para você