Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

Trio vence Nobel de Física por pesquisas com laser

Jornal do Brasil

O americano Arthur Ashkin, o francês Gérard Mourou e a canadense Donnna Strickland são os vencedores do Prêmio Nobel de Física de 2018 por suas pesquisas sobre o laser, que permitiram desenvolver ferramentas utilizadas na indústria e na medicina.

Ashkin ficará com metade do prêmio de 1,01 milhão de dólares, enquanto Mourou e Strickland dividirão a outra metade, anunciou o júri do prêmio em Estocolmo.

Suas descobertas "revolucionaram a física do laser e os instrumentos de precisão avançada que abrem campos inexplorados de pesquisa e uma variedade de aplicações industriais e médicas", anunciou a Real Academia de Ciências de Estocolmo.

Macaque in the trees
Tela com os retratos de Arthur Ashkin, Gerard Mourou e Donna Strickland durante o anúncio dos vencedores do Prêmio Nobel de Física de 2018 (Foto: AFP PHOTO / TT News Agency / Hanna FRANZEN / Sweden OUT)

Ashkin, 96 anos, foi premiado pela invenção da "pinça óptica", um instrumento que permite manipular organismos extremamente pequenos, como células, ou partículas.

Mourou, 74 anos, e sua aluna Strickland, nascida em 1959 e apenas a terceira mulher premiada com o Nobel de Física, foram premiados em conjunto pelo desenvolvimento da técnica de amplificação do laser, chamada "Chirped Pulse Amplification (CPA)", que "gera os pulsos de laser mais curtos e mais intensos já criados pela humanidade".

Esta técnica é utilizada na cirurgia oftalmológica.

Pouco depois do anúncio, Strickland, professora da Universidade de Rochester, Estados Unidos, afirmou que estava honrada com o prêmio, que apenas duas mulheres haviam recebido até agora nesta categoria desde 1901.

"Pensei que seria mais fácil premiar as mulheres físicas, (...) Espero que, com o tempo, as coisas aconteçam de modo mais rápido", disse.

Marie Curie, que em 1911 recebeu o prêmio de Química, venceu ao lado do marido Pierre em 1903 o Nobel de Física. Maria Goeppert Mayer venceu o prêmio em 1963.

Os três premiados de Física em 2018 são os vencedores de número 207, 208 e 209 desde a criação do prêmio.

A edição deste ano do Nobel começou na segunda-feira com a categoria Medicina. O americano James P. Allison e o japonês Tasuku Honjo foram premiados por suas pesquisas sobre a capacidade do corpo para se defender contra o câncer.

Na quarta-feira, será anunciado o Nobel de Química e o de Economia na próxima segunda-feira.

Na sexta, será revelado em Oslo o vencedor do Nobel da Paz.

Pela primeira vez desde 1949, o anúncio do Nobel de Literatura será adiado por um ano pela Academia Sueca. A instituição enfrenta um escândalo vinculado ao movimento #MeToo, com divisões internas e a renúncia de vários membros, o que impede seu funcionamento normal.

po/pa/pc/fp/tt



Recomendadas para você