Jornal do Brasil

Ciência e Tec

Mulheres ocupam 1/5 dos principais cargos importantes em ciência e tecnologia

Jornal do Brasil

Mulheres ocupam um em cada cinco cargos importantes nas áreas de ciência, tecnologia, matemática e engenharia no mundo, o que desacelera a inovação, revelou um estudo de instituições de pesquisa nesta quinta-feira.

Embora as mulheres representem mais de 50% dos estudantes de ensino superior nessas áreas, esse número cai dramaticamente com a idade, conforme mostrou o estudo da Universidade de Michigan e da Fundação de Células Tronco de Nova York.

Na média, mulheres compõem cerca de 40 % dos cargos de professora assistente, 30% das posições de professora associada, e 20% em empregos de professor titular, diz a pesquisa.

"Quando as mulheres são impedidas de atingir seu potencial completo, a área inteira sofre", disse Susan L. Solomon, diretora da Fundação de Células Tronco e Nova York.

"Precisamos de 100% do poder intelectual disponível para conseguir o maior impacto possível e impulsionar a pesquisa adiante e o mais rápido possível", disse Solomon em nota.

O estudo coletou dados de mais de 500 instituições acadêmicas e profissionais para determinar as taxas de contratação e retenção de mulheres, assim como os sistemas de apoio em operação, como licença parental e oportunidades de desenvolvimento.