Nasa prepara-se para lançar primeira sonda que 'tocará' o Sol

A Nasa inicia a fase final de preparativos para uma missão única ao Sol. A agência prepara-se para levar a sonda Parker Solar Probe para a plataforma de lançamento em Cabo Canaveral (Flórida, EUA), de onde será lançada no dia 11 de agosto em direção ao Sol.

"Esta é uma missão histórica que revolucionará nossa percepção do Sol […] A Parker Solar Probe viajará através da atmosfera solar, mais próxima do que qualquer outra nave espacial [aproximando-se de 6,2 milhões de quilômetros], em condições de calor e radiação extremas para finalmente fornecer à humanidade imagens sem precedentes da estrela", diz o comunicado da Nasa.

Um dos objetivos da sonda será tentar revelar o mistério do motivo da coroa — a camada mais externa da atmosfera solar — é muito mais quente de que a superfície do Sol. Segundo a Nasa, as temperaturas na coroa solar excedem um milhão de graus Celsius, enquanto a superfície subjacente "ferve" a menos de 6 mil graus Celsius.

A sonda espacial foi projetada para suportar condições extremas de temperatura. A Parker é protegida por um escudo térmico de carbono de quase 12 centímetros de espessura. Ao mesmo tempo, o outro lado de sua "armadura" é equipado com um sistema de refrigeração que manterá os sistemas eletrônicos a uma temperatura de aproximadamente 30 graus Celsius.

Durante os 7 anos de duração programados para a missão, a sonda fará 24 órbitas ao redor do Sol e em cada aproximação da estrela irá coletar amostras do vento solar, estudar a coroa solar e fornecer imagens sem precedentes.

Com Agência Sputnik