Parente distante: achado exoplaneta parecido com Terra e Mercúrio

Esse exoplaneta contém uma enorme quantidade de metais o que o torna um dos mais misteriosos da nossa galáxia.

Um grupo internacional de cientistas descobriu um exoplaneta parecido a Mercúrio, devido a sua composição química rica em metais, além disso, similar em tamanho a Terra, informa o portal científico SINC.

A pesquisa correspondente foi publicada em 26 de março na revista Nature.

O corpo celeste, designado como K2-229b, conta com um núcleo metálico (em 70% da composição) e manto de silicatos (30%). Essa proporção o faz muito parecido com Mercúrio.

O estudo também destaca que o objeto recém-encontrado orbita uma estrela chamada de K2-229, que é similar ao Sol em termos de temperatura e idade. Ademais, faz parte de um sistema planetário que inclui mais dois planetas: K2-229c e K-229d, informa o jornal 20minutos.

Graças às observações realizadas com a sonda Kepler, os pesquisadores revelaram que a distância entre eles é menor do que a que separa o Sol e Mercúrio. Portanto, a temperatura na superfície do exoplaneta pode alcançar 2.000 °C.

"Esta proximidade possivelmente faz com que seu manto — a zona mais externa do planeta — se volatilize e que se forme uma atmosfera de vapores de silicatos", afirmou ao SINC um dos coautores do estudo, o pesquisador espanhol David Barrado. Isto, sublinhou, pode explicar a composição única do planeta, similar a Mercúrio.

"Uma explicação alternativa seria uma colisão com asteroides de grande tamanho, de maneira semelhante ao que aconteceu com a Terra quando se formou a Lua", adicionou.

Em qualquer caso, os cientistas apontam que o descobrimento do exoplaneta contribuirá para esclarecer mais mistérios sobre a composição única de Mercúrio, o planeta rochoso mais desconhecido do nosso Sistema Solar.

Ao falar sobre pesquisas futuras, vale destacar que o corpo celeste recém-achado será o objeto de estudo da sonda europeia BepiColombo, cujo lançamento  está previsto para o fim de 2018.

>> Sputnik