Descubra como se prevenir contra ataques cibernéticos

Ciberataques estão cada vez mais atingindo usuários

Com a vulnerabilidade de segurança encontrada na web, os casos de ciberataques em e-mails, redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas têm sido um dos vilãos na vida dos usuários.   

Para não se tornar uma vítima desse ataques cibernéticos, a especialista em segurança da informação, Andrea Zapparoli Manzoni, listou quatro recomendações importantes para todos internautas.   

1) Conheça e compreenda a ameaça para não cair em armadilha

Os ataques baseados em técnicas de engenharia social - ou seja, realizados enganando a vítima, alterando de alguma maneira a sua percepção de realidade - devem ser combatidos tanto no plano educacional como cultural.   

Estes ataques de engenharia social hoje são realizados seja através dos e-mails (sistema mais tradicional e consolidado) ou nas redes sociais e redes de informações instantâneas (alvos ainda mais atacados e eficazes que os e-mails porque estes canais sempre são considerados mais confiáveis pelas vítimas).   

2) Preste atenção no contexto da comunicação e verifique em caso de dúvidas

É muito importante aprender a distinguir um ataque de phishing de uma mensagem legítima porque este e-mail falso é o primeiro passo para a atividade criminosa ser realizada.   

Recusar este "spam" evita que o ataque seja feito completamente. No entanto, é preciso primeiramente responder as perguntas básicas: "Quem está me escrevendo?"; "Por quê?"; "É uma mensagem esperada?"; "O assunto é de meu conhecimento?". Em caso de dúvidas, é necessário fazer a confirmação de identidade do remetente antes de abrir qualquer link ou anexo.   

3) Utilize menos serviços/aplicativos com contas de e-mail diferentes

O uso de uma grande quantidade de contas em diversas plataformas aumenta a probabilidade e oportunidades dos usuários sofrerem um ataque. Desta forma, é apropriado fazer uma "limpeza" em todos os aplicativos baixados e excluir tudo que raramente é utilizado.   

Além disso, é essencial utilizar uma senha diferente para cada conta, inclusive alterá-las frequentemente para evitar que os criminosos tenham acesso constante aos dados dos internautas.   

4) Faça divisões em seu ambiente digital de acordo com o nível de risco

É muito importante distinguir os níveis de segurança dos seus "passos" online. Download de filmes ou música ilegalmente, acesso a material pornográfico, instalações de softwares piratas ou de origem duvidosa, deixam seu dispositivo exposto a malwares, que pode infectá-lo facilmente.