Confira dicas para a Redação da Fuvest

Um dos vestibulares mias concorridos do país será realizados nos dias 8 e 9 de janeiro.

Gerente pedagógico e professor de português do Descomplica, Eduardo Valladares enumera dicas para a redação da Fuvest, um dos vestibulares mias concorridos do país e cujas provas acontecem nos próximos dias 8 e 9 de janeiro.

Em seguida, o professor comenta sobre técnicas de prova e outras sobre concentração nos estudos ( que ajudaram muitos alunos na preparação do último Enem), o que pode ajudar o aluno a dominar a avaliação.

Redação

Analise os últimos temas cobrados pela banca;

Conheça a cobrança da banca a partir de textos publicados pela Fuvest como exemplares;

Revise estrutura dissertativa: introdução / desenvolvimento / conclusão;

Avalie as redações feitas durante o ano e avaliar e entender os erros apontados pelo corretor;

Leia as principais notícias veiculadas na grande mídia nos últimos 3 meses;

Assista no site do Descomplica a algumas discussões de propostas a partir dos recortes temáticos analisados elos professores;

Técnicas de prova

Entender e respeitar o tempo de cada questão;

Criar foco – muito fácil ficar disperso por conta do nervosismo. Para isso, é importante fazer pausas a cada 30 minutos. Levantar os braços, esticar pra frente, respirar fundo e mexer com cabeça para os lados. Isso já traz o pensamento para a prova de novo;

Entender que, em caso de dar branco em alguma questão – situação mais que normal – levantar, ir ao banheiro, lavar o rosto, dar uma “esticada” no corpo todo, puxar as pernas para trás na altura da cintura, beber água. Gastar de 5 a 8 minutos nesse intervalo. O candidato ganhará muito mais tempo ao longo a prova.

É natural que o assunto, a fórmula, a compreensão escapem da memória. Para reverter essa situação, mudar a natureza da prova e depois voltar para aquele tópico e tentar mais uma vez pode funcionar muito bem grande parte das vezes.

Chegar à prova com um caminho bem definido, tendo em mente qual estratégia será implementada ao longo do percurso das questões. Uma sugestão é começar por aquelas de maior confiança e intimidade. Em caso de redação, é sempre interessante começar por ela.