Coreia do Sul quer abater drones inimigos com arma eletromagnética

A agência de notícias Yonhap, citando uma fonte militar, informou que a Coreia do Sul está criando um armamento contra drones norte-coreanos, na base da tecnologia de impulso eletromagnético.

De acordo com o site, a Agência de Desenvolvimento da Defesa sul-coreana (ADD) está elaborando métodos para usar geradores de impulso eletromagnético (que o país já dispõe) para abater drones de pequeno porte.

Quando a carga nuclear é ativada, é gerado um impulso eletromagnético que pode pôr fora de serviço a maioria dos equipamentos eletrônicos, inclusive drones. Além do mais, a ADD, juntamente com a indústria nacional de defesa, tem planos de elaborar tecnologias para suprimir o sinal GPS, bem como de criar pequenos mísseis para neutralizar veículos aéreos não tripulados.