Rio recebe campanha de saúde gratuita nos dias 6, 7 e 8 de outubro

Exames de rotina serão realizados das 8hs às 15hs, no bairro Abolição

A cidade do Rio de Janeiro vai receber na próxima quinta (06), a Campanha de Saúde Gratuita, uma ação que vai oferecer exames gratuitos para os cariocas durante três dias, no bairro Abolição. Entre os exames oferecidos estão aferição de pressão, circunferência abdominal, hemograma, glicose, triglicerídeos, colesterol, além de oftalmoscopia (popularmente conhecido como exame de fundo de olho) para diabéticos.  O evento é uma iniciativa da Acesso Saúde e acontece das 8hs às 15hs, na Avenida Dom Helder Câmara, nº 7205.

O carioca Lincoln Aguiar é o empreendedor à frente da clínica, que em parceria com a Acesso Saúde- sistema de saúde particular sem mensalidade, que oferece atendimento médico e exames por meio de sua rede de clínicas, para a população que não conta com plano de saúde - decidiu criar a ação, para oferecer à população carente do Rio de Janeiro, exames gratuitos.

A rede tem expectativa de atender 600 pessoas durante os três dias de evento e é necessário apenas o preenchimento de um cadastro no local, o atendimento será por ordem de chegada. “O sistema público de saúde deixa muito a desejar, a espera pela realização de exames simples pode levar meses, e sabemos o quanto a medicina preventiva é essencial, pois o diagnóstico inicial de uma doença, pode salvar vidas”, comenta Aguiar.  

Em busca de oferecer um atendimento médico de qualidade para as pessoas da região, com serviços de baixo custo, o empreendedor é o responsável pela inauguração da primeira unidade da AcessoSaúde, no Rio de Janeiro. Com consultas a partir de R$ 69 e exames com valores que se iniciam em R$ 4,78, a rede oferece mais de 34 especialidades e 1.200 tipos de exames.

A facilidade para pagamento também é outro atrativo da rede, para pessoas que não podem pagar por um plano de saúde, nem esperar pelo atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde), pois a rede oferece a opção de parcelamento em até seis vezes no cartão de crédito, para a realização de exames, com parcelas mínimas de R$ 50.

O elevado tempo de espera de atendimento no serviço público, a alta dos preços dos planos desaúde - autorizada em até 13,57% pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) -, e, consequentemente, a queda de beneficiários, têm resultado na alta da procura pelas chamadas clínicas populares. Somente no primeiro ano de operação, a rede tem a expectativa que a unidade atenda cerca de 15 mil pacientes.  

Serviço:

Campanha de Saúde Gratuita - Abolição (Rio de Janeiro / RJ)

Data: 06, 07, 08 de outubro

Horário: 8hs às 15hs

Endereço: Avenida Dom Helder Câmara, nº 7205, Abolição, Rio de Janeiro (RJ).