Dengue, Zika e Chikungunya terão diagnósticos simultâneos

Segundo ministro da Saúde, expectativa é que teste esteja disponível no primeiro semestre deste ano

Durante uma visita ao campus da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na manhã deste sábado (16), o ministro da Saúde, Marcelo Castro, anunciou uma importante inovação que irá permitir a realização simultânea do diagnóstico da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya.

Segundo o Instituto FioCruz, além de uma redução nos custos, a novidade irá garantir maior agilidade para o diagnóstico dos exames realizados na rede de laboratórios do Ministério da Saúde, e, permitir a substituição dos insumos estrangeiros por um produto nacional. Após a realização do teste, o paciente receberá o resultado em até três horas.

“Já estamos com 18 dos 27 laboratórios centrais equipados para receber esse teste e agora em fevereiro a Fiocruz a Fiocruz irá produzi-los”, comentou o ministro. Cada teste tem um custo estimado para a realização do diagnóstico de US$20. A expectativa é que o exame esteja disponível ainda no primeiro semestre de 2016.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais