Nasa abre processo seletivo para novos astronautas

Escolhidos podem ser a 'geração Marte' da agência espacial

Após quatro anos sem recrutar ninguém, a Nasa anunciou que abriu um processo seletivo para contratar novos astronautas norte-americanos. As inscrições estarão abertas entre os dias 14 de dezembro até meados de fevereiro e aqueles que passarem no primeiro passo terão que fazer dois anos de treinamento para saber se poderão virar funcionários da Nasa. O anúncio da nova equipe será realizado em junho de 2017 e os astronautas começarão a trabalhar em agosto do mesmo ano.

    Para se candidatar à vaga é preciso ser formado em engenharia, ciências biológicas, física ou matemática. Segundo os requisitos mínimos, quem tiver mais níveis de graduação, como mestrado ou doutorado, terá mais chances de ser promovido.

    É desejável que o concorrente tenha, no mínimo, três anos de experiência em sua área ou que tenha mil horas de voo em avião à jato. Além disso, é preciso ter entre 1,68m e 1,90m de altura, visão perfeita (20/20 em cada olho), além de índices de saúde considerados bons.

    A pausa na contratação de um dos empregos mais cobiçados por jovens dos EUA ocorreu em 2011 quando o país parou de fazer viagens tripuladas à Estação Espacial Internacional (ISS) e começou a utilizar apenas as aeronaves russas para fazer o trajeto. Porém, a Nasa tem planos de voltar a utilizar naves tripuladas - especialmente os novos modelos Space X e Orbital Sciences.

    Essa nova equipe poderá ser a "geração Marte", já que estão em estudos novos dispositivos para permitir que a humanidade chegue ao planeta vermelho entre 2030 e 2040. "O próximo grupo de exploradores espaciais inspirará a nova geração Marte a atingir novos objetivos e ajudarão a realizar o sonho de ver a primeira impressão humana no solo marciano", afirmou o administrador-chefe da Nasa, Charles Bolden. (ANSA)