Activision compra a King, dona do Candy Crush, por US$5,9bi

Empresa tem mais de 340 milhões de jogadores mensais

A Activision Blizzard anunciou nesta terça-feira (03) que comprou a King Digital, criadora dos jogos Candy Crush e Candy Crush Saga, por US$ 5,9 bilhões. Uma das maiores negociações do setor agora aguarda a aprovação da Suprema Corte da Irlanda (sede da empresa) e de autoridades antitruste europeias para finalizar o negócio.

    Dona de mais de 200 games, a King faturou só com seu produto mais famoso mais de US$ 1,3 bilhão em 2014 e tem mais de 240 milhões de jogadores mensais. A aquisição pela Activision, que é especializada em jogos para computadores, como o Call of Duty, deve deixar a empresa como a líder global do segmente tanto para consoles e pcs como para plataformas móveis.

    Em nota, o presidente da Activision Blizzard, Bobby Kotik, celebrou a parceria e afirmou que "com uma rede global de mais de meio bilhão de usuários ativos mensais, nosso potencial de alcançar novas audiências ao redor do mundo em seus dispositivos favoritos nos permite atingir um público ainda maior de jogadores do que antes".

    Fundada em 2003, por seis desenvolvedores europeus, a start up quase foi à falência quando decidiu entrar no ramo de jogos para plataformas móveis. Ela foi salva em 2005 por um investimento de US$ 43 milhões por dois fundos da própria Europa. O sucesso mundial veio em 2011 quando o Candy Crush foi lançado no Facebook e depois para aparelhos iOS e Android. O segmento de jogos para celulares e tablets deve movimentar mais de US$ 36 bilhões de receita até o final deste ano. (ANSA)