Condições de médico italiano com ebola pioram

Vítima está sendo atendida em hospital de Roma

As condições de saúde do médico italiano contaminado com ebola pioraram nas últimas horas, de acordo com um boletim divulgado nesta segunda-feira (1) pelo Hospital Spallanzani, em Roma. Internada desde o último dia 24, a vítima é um médico da entidade Emergency que foi diganosticado com o vírus após ter viajado à Serra Leoa.

    Ele tem apresentado febre alta e fraqueza, mas continua se comunicando e respira sozinho. Desde o dia 26, o médico tem recebido tratamento com plasma de um paciente curado do ebola.