Japoneses têm planos de construir apartamentos submarinos

Estrutura seria esférica e ficaria a cerca de 500 metros de profundidade

A construtora japonesa Shimizu Corp revelou que planeja construir apartamentos submarinos. As informações são do jornal The Independent. O imóvel "Espiral Oceânica" abrigaria cinco mil pessoas e incluiria centros de pesquisa para a escavação em busca de fontes de energia alternativa.

A estrutura seria esférica e ficaria localizada a cerca de 500 metros de profundidade. De lá, um caminho em espiral faria a conexão com o centro de escavação aproximadamente três a quatro quilômetros abaixo. O caminho espiral teria 15km.

Os humanos viveriam próximos à superfície e as espirais serviriam para que a correnteza do mar não afetasse a estrutura do edifício. Segundo a construtora, o projeto deve custar cerca de R$ 65 bilhões e não tem prazo para ficar pronto.