Devastação na Amazônia cresce 467%, diz ONG

O desmatamento da Amazônia aumentou em 467% no mês passado em relação a outubro de 2013, apontou levantamento não-oficial realizado pela ONG paraense Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).    

De acordo com relatório divulgado hoje foram detectados 244 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal em outubro de 2014. No ano anterior, o desmatamento na região foi de 43 km².    

Isso se deu, entre outros motivos, por conta da ampliação da área de monitoramento. "Foi possível monitorar 72% da área florestal na Amazônia Legal enquanto que em outubro de 2013 o monitoramento cobriu uma área menor (69%) do território".    

No que diz respeito às florestas degradadas na Amazônia Legal, ou seja, parcialmente destruídas, foram registrados 468 quilômetros quadrados em outubro de 2014. "Em relação a outubro de 2013 houve um aumento de 1.070%, quando a degradação florestal somou 40 quilômetros quadrados", concluiu o estudo.    

Ainda de acordo com o organismo, o desmatamento se concentrou em Rondônia (27%), Mato Grosso (23%), seguido pelo Pará (22%) e Amazonas (13%), com menor ocorrência em Roraima (9%), Acre (5%) e Amapá (1%).