Broca em robô Philae perfurará superfície de cometa

Processo faz parte da missão da sonda espacial Rosetta

A Agência Espacial Italiana informou que seu equipamento de broca foi autorizado a perfurar a superfície do cometa 67P/ Churyumov-Gerasimenko, como parte da missão da sonda espacial Rosetta. 

"Foi decidido dar continuidade à sequência que ativará o instrumento", disse à ANSA o coordenador científico da agência, Enrico Flamini, que está no centro de controle do robô Philae, em Colonia. A decisão foi tomada levando em conta que a bateria dos equipamentos pode não durar muito tempo, em vista da temperatura e de outros fatores da missão. "As imagens enviadas pelo Philae demonstram que o lander está vivo, parado, e que tudo está funcionando", disse, por sua vez, o responsável pelas operações do Philae, Stephan Ulamec. 

O robô Philae se separou na última quarta-feira (12) da Rosetta e, pela primeira vez na história, pousou na superfície de um cometa. O módulo enviará para a Terra dados com os quais os cientistas pretendem entender melhor questões fundamentais sobre a formação do Sistema Sola. Já a sonda espacial Rosetta se tornou o primeiro equipamento a atingir um cometa. A nave demorou dez anos para alcançar seu alvo. Este é o projeto mais ousado da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês). A missão está prevista para terminar em dezembro de 2015. (ANSA)