Plástica de face customizada traz melhores resultados

Uma nova tendência na plástica de face tem proporcionado um efeito mais natural, sutil e duradouro, com cicatrizes pouco visíveis. Se antes o lifting facial lembrava uma linha de produção, no qual o recurso era esticar a pele, agora ele é customizado. Isto é, a técnica é adaptada a cada caso e inclui o reforço da musculatura facial e o implante de enxerto de gordura retirada do próprio paciente. O resultado é uma face rejuvenescida sem descaracterizar o perfil.

O cirurgião plástico Volney Pitombo, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e coordenador do Capítulo Rinoplastia (nariz) da SBCP, explica que o lifting facial feito sob medida leva em conta os diferentes tipos de rosto. “Dependendo do caso, a técnica é realizada com maior intensidade nas áreas mais flácidas e com mais suavidade em outras. A intervenção no músculo (e não só na pele) retarda o envelhecimento e, assim, conseguimos um efeito natural, pois o rosto não é esticado como um todo, mas somente as partes mais afetadas pelo tempo”, explica o cirurgião, referência internacional em plástica de face e nariz.

Volney Pitombo esclarece as principais dúvidas sobre o lifting facial customizado:

Quando se deve indicar a cirurgia plástica de face? Existe um limite de idade para operar? Quais são as contraindicações?

VOLNEY - Quando a pessoa se olha no espelho e fica desconfortável com sinais do envelhecimento é um bom momento. Não há idade limite para operar. As contraindicações médicas dependem de cada caso.


- Qual é o objetivo da plástica de face?

VOLNEY – Ela suaviza ou elimina a flacidez no pescoço e no terço médio da face, atenua os vincos profundos abaixo das pálpebras inferiores, as marcas ao longo do nariz que se estende ao canto da boca e, principalmente, a perda de tônus muscular na face inferior e o excesso de gordura sob o queixo (papada). O procedimento geralmente é associado às plásticas de pálpebras, testa e de nariz, esta a que mais embeleza e harmoniza a expressão do rosto. Às vezes basta corrigir a ponta do nariz para ter um aspecto mais jovial. Dependo do caso, modelamos o queixo com implante de silicone e gordura para harmonizar o perfil. Não conheço um rosto feio com nariz bonito.


- Como é procedimento?

VOLNEY – O cirurgião trabalha especificamente no triângulo da beleza, uma área formada pelas maçãs do rosto e o queixo. A ideia é realçar as três pontas do triângulo. Se for necessário, usamos o enxerto de gordura retirado do próprio paciente. Ele repõe o volume dos tecidos e ameniza as alterações do contorno facial, principalmente no sulco entre a boca e as bochechas. Esse recurso também ajuda a realçar os lábios.


- Há risco de rejeição ao enxerto de gordura?

VOLNEY - Não há rejeição nem reação alérgica, pois se trata de material retirado do próprio paciente. A absorção de gordura depende de cada caso e varia de 30% a 50% do total aplicado. Porém isso não prejudica o aspecto final. Além disso, o enxerto de gordura, substância natural do corpo, é um método mais seguro do que recorrer a outros materiais de preenchimentos, como, por exemplo, o perigoso PMMA, mais conhecido como Polimetilmetacrilato, considerado de alto risco para a saúde e liberado apenas para fins específicos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


- Como é o preparo da cirurgia?  É preciso tratar a pele antes da plástica de face? O que determina o bom resultado da cirurgia?

VOLNEY – Na plástica de face as consultas do pré-operatório são tão importantes quanto o procedimento cirúrgico. A experiência do cirurgião plástico, os hábitos do paciente, sua saúde geral e sua expectativa são fatores que influenciam no resultado final. Além de detalhada consulta clínica, o seu médico pedirá exames de laboratório e/ou risco cirúrgico. Se a pessoa fuma, devemos tomar maiores cuidados para melhorar a cicatrização da pele. O seu médico também vai esclarecer sobre o uso de medicamentos, como aspirina e anti-inflamatórios, que podem facilitar o sangramento. Já o tratamento de pele deverá ser feito após a operação para manutenção do bom resultado. O procedimento dura cerca de três horas e o paciente retorna à sua rotina em uma semana, em média. A plástica de face como qualquer outra deve ser feita por especialista reconhecido pela SBCP.


- Como é o pós-operatório?

VOLNEY - A recuperação requer cuidados especiais e o inchaço depende de cada caso. Em alguns pacientes ele leva algumas semanas para desaparecer totalmente. Técnicas de peeling, dermoabrasão ou laser para melhorar a tonalidade e a textura da pele da face, e redução de rugas por preenchimento ajudam no resultado final da plástica de face. É preciso seguir à risca as recomendações do seu médico. Com um mês já dá para ver o bom resultado.


- Quanto tempo dura o efeito da plástica?

VOLNEY – O resultado é para sempre. Mas, em média, o paciente é reoperado depois de dez anos, respeitando os limites de elasticidade da sua pele para não perder a naturalidade.


- Às vezes a paciente opera a face, mas o colo está envelhecido. Qual é o procedimento nesses casos?

VOLNEY – Para o colo envelhecido uma opção é a aplicação de laser.